segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Após 14 anos, livro de Hugh Laurie é lançado no Brasil


É isso mesmo que você leu. Após 14 anos, o primeiro livro que Hugh Laurie (o House) escreveu é lançado no Brasil. Fico imaginando se por acaso ele não fosse o House, se o livro algum dia seria lançado por aqui.

Tenho que confessar que ao saber da existência dele, há uns anos, fiquei meio desconfiada, naquele papo de "ah, tá... o Hugh Laurie escreveu um livro enquanto o Stephen Fry escreveu uns cinco". "Deve ser uma boa porcaria, isso sim", eu pensava.

Então, após idas e vindas com a Saraiva, que cancelou meu pedido duas vezes por falta do produto em estoque, ao final de quase um ano de espera, o livro chegou! E eu tenho que dizer uma coisa: é bom! Muito bom. Várias vezes eu me pegava rindo sozinha no ônibus, na fila do banco ou onde quer que eu estivesse lendo.

O protagonista é meio o que o Hugh Laurie queria ser quando crescesse - pratcamente um James Bond "moderno" - e é justamente aí que está a graça. Não tem como não imaginar um Hugh jovem (afinal, na época ele tinha uns trinta e poucos anos) dando vida a Thomas Lang - as tiradas, as frasaes e até as partes de luta. Tem muito Laurie nesse livro e os fãs com certeza vão se deliciar, principalmente os que conhecem seu trabalho "pré House" (e não me venha com "Stuart Little" e "101 Dálmatas", falo do seu trabalho nas séries britânicas).

"The Gun Seller", que ganhou o título em português de "O Vendedor de Armas", já está à venda pela internet. Segue a sinopse:

"Quando Thomas Lang, ex-militar de elite recebe uma proposta de 100 mil dólares para assassinar um empresário norte-americano, ele decide, imediatamente, alertar a suposta vítima - uma boa ação que não ficará impune.
Em questão de horas Lang terá de se defender com uma estátua de Buda, jogar cartas com bilionários impiedosos e colocar sua vida (entre outras coisas) nas mãos de muitas mulheres fatais, enquanto tenta salvar uma linda moça e impedir um banho de sangue mundial."

Hugh escreveu um outro livro, chamado "The Paper Soldier", ainda sem data de lançamento. Só podemos torcer para que a versão em português não demore mais 14 anos para sair.

0 pessoas comentaram:

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More